Alianças de Deus com os homens.

 

A Nova Aliança com Jesus Cristo: 

Essa Aliança havia sido prometida por Deus (Jr 31.31-34). Esses versículos indicam que haveria uma substituição da velha Aliança, ou seja, um rompimento com a Lei de Moisés. Foi instituída por Jesus Cristo na ultima ceia (Mt 26.28; Mc 14.24; 1 Co 11.25). Na Nova Aliança, Deus se apresenta como Pai, o Deus Redentor que mandou o seu Filho em carne para redimir os nossos pecados e salvar o que se havia perdido. Para nos ensinar, pessoalmente, como devemos proceder para nos salvar; para se sacrificar, sofrendo e derramando o seu sangue para pagar pela desobediência dos homens, fazendo a propiciação pelos nossos pecados, para que Deus não ferisse a terra com maldição. Ele agora nos dá a salvação pela graça, mediante a fé. Jesus exigiu fé em sua pessoa. Quem crer e for batizado, será salvo (Mc 16.16). A partir de Jesus Cristo, o novo povo de Deus é a Igreja Cristã (1 Pe 2.9,10; Tt 2.14), ou seja, aqueles que se converterem ao Senhor Jesus Cristo pela fé.
A partir de Jesus, a Lei de Deus passou a ser inscrita em nossos corações e nas nossas mentes e não mais em tábuas de pedra (2 Co 3.3). Jesus fez com que o véu que separava o “santo dos santos” dos fiéis, no Templo, se rasgasse de cima até embaixo (Mt 27.51). Agora podemos entrar na presença de Deus, em oração e em nome do Jesus, que é o único mediador entre Deus e os homens, o que somente era permitido ao Sumo Sacerdote em situações especiais, conforme a Lei de Moisés. A adesão à Nova Aliança, é feita individualmente, pela conversão, arrependimento dos pecados e vida santa, seguindo os ensinos de Jesus. Há que confessar, de forma audível e diante de testemunhas, (na Igreja), que Jesus Cristo é o nosso único Senhor e Salvador; e, crer com o coração que Jesus Cristo é o Filho de Deus e que Deus o ressuscitou dentre os mortos (Rm 10.9). No sacramento da Santa Ceia, confirmamos a nossa adesão a essa Aliança, comendo a carne e bebendo o “sangue” de Cristo (Jo 6.53-57; 1Co 11.23-26).
Jesus também entendeu que era sua tarefa dar o sentido verdadeiro à revelação da Lei de Moisés e não revogá-la quando afirma que veio cumprir, (conforme o Seu entendimento), a Lei e os profetas (Mt 5.17). E advertiu os fariseus mostrando-lhes que tudo o que, na interpretação da Lei, contrariava os princípios que Jesus ensinou, ou seja, o perdão, o amor, a justiça, a misericórdia e a fé não seriam válidos (Mt 23.23). Jesus, também, nunca hesitou em falar acerca de recompensa e castigo, que deverão ser concedidos aos homens de acordo com os seus atos, por ocasião da Sua segunda vinda. A ira de Deus continua prometida para os que não crerem.

(confira as referências bíblicas que estão entre parênteses, pra ver se as coisas são assim mesmo)

About these ads
Esse post foi publicado em Cristianismo.. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Alianças de Deus com os homens.

  1. CANCELADO disse:

    ola estive lendo seu comentario …. gostei muito de saber que vc gostou do meu space
    seu  space esta muito edificante sem dúvidas vc esta fazendo com q a internet seja melhor do q pensam q ela é….rsrsrsrs
    bjos fique com Deus ….. Jeus te ama!!!!

  2. Luisah e Cia disse:

    Tenho uma amiga que se diz cristã fervorosa. Vai na igreja direto, eu fui em um domingo e ela estava lá porem disse que não podia falar comigo porque não me viu. Era certo o local que sempre fico. Resultado: estava mentindo. Acho que hoje as igrejas estão esquecendo de pregar que Jesus é amor. Vejo muitas pessoas "cristãs" agindo piores daqueles que não conhecem Deus. A propósito, muito bom o seu blogg. Deus nos abençoe em nossas jornadas. SDS

  3. zequinha.cardoso@hotmail.com disse:

    falar das coisas de deus exige um cuidado muito especial, vc teve esse cuidado, de qual quer forma pra quem quer anunciar e proclamar a palavra, tudo e bemvindo, ao contrario p/ quem quer criticar sempre acha um furo, porque o maligno se aproveita disso, anuncie mesmo assim vale a pena. paz de cristo c/ vc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s