A Terceira Pessoa da Trindade.

 

O Espírito Santo é divino. Ele é a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade. O apóstolo Pedro disse que Ananias mentiu ao Espírito Santo, salientando que ele havia mentido a Deus (Veja em Atos 5.3,4: “Então, disse Pedro: Ananias, por que encheu Satanás teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, reservando parte do valor do campo? Conservando-o, porventura, não seria teu? E, vendido, não estaria em teu poder? Como, pois, assentaste no coração este desígnio? Não mentiste aos homens, mas a Deus.” – RA). O Espírito Santo é apresentado aqui como sendo Deus, contra quem Ananias havia pecado.

Os atributos divinos de Deus e que pertencem, somente à divindade, são também qualidades do Espírito Santo. Entre outras: a eternidade (Veja em Hebreus 9.14: “muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao Deus vivo!” – RA); a onisciência (Veja em 1 Coríntios 2.10,11: “Mas foi a nós que Deus, por meio do Espírito, revelou o seu segredo. O Espírito Santo examina tudo, até mesmo os planos mais profundos e escondidos de Deus. Quanto ao ser humano, somente o espírito que está nele é que conhece tudo a respeito dele. E, quanto a Deus, somente o seu próprio Espírito conhece tudo a respeito dele.” – NTLH); a onipresença (Veja em Salmo 139.7: “Aonde posso ir a fim de escapar do teu Espírito? Para onde posso fugir da tua presença?” – NTLH); e a onipotência (Veja em Lucas 1.35: “Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus.” – RA). Só a divindade tem estas características.

Aquilo que Deus fez é considerado como obras do Espírito Santo: a criação (Veja Gênesis 1.2: “A terra era um vazio, sem nenhum ser vivente, e estava coberta por um mar profundo. A escuridão cobria o mar, e o Espírito de Deus se movia por cima da água.” – NTLH; e Jó 33.4: “Pois foi o Espírito de Deus que me fez, e é o sopro do Todo-Poderoso que me dá vida.” – NTLH); a regeneração (Veja em Tito 3.5: “não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo Sua misericórdia, Ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo,” – RA); a justificação e a santificação (Veja em 1 Coríntios 6.11: “E é o que alguns têm sido, mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus e pelo Espírito do nosso Deus.” – RC); e a ressurreição (Veja em Romanos 8.11: “E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo também vivificará o vosso corpo mortal, pelo seu Espírito que em vós habita.” – RC).

O Espírito Santo portanto, é Deus invisível, presente conosco, com quem temos de nos relacionar no dia a dia. Ele representa Cristo conosco hoje. Nossa subordinação ao Filho de Deus há de se expressar numa relação pessoal consciente com o Espírito Santo.

Viva Jesus!

Deus lhe abençõe!

About these ads
Esse post foi publicado em Doutrina cristã. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A Terceira Pessoa da Trindade.

  1. celso disse:

    "O Espírito Santo é uma pessoa distinta do Pai, é a terceira pessoa da trindade.” Não existe essa afirmação na bíblia, o Espírito Santo é o próprio Espírito de Deus, vejamos em 1 Coríntios 2:11,: “Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele esta? Assim também ninguém sabe as coisa de Deus, senão o Espírito de Deus. Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus.” Agora eu faço a seguinte pergunta: eu posso dizer que o espírito que está no homem é uma pessoa distinta do homem? Lógico que não, o espírito do homem faz parte do homem, assim como o Espírito de Deus faz parte da pessoa de Deus, o Pai. Em Lucas 11:13, Jesus diz: “Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?” Repare que o Espírito Santo provém de Deus, é ele que reparte o seu Espírito aos seus servos. Foi o que aconteceu no dia de Pentecostes quando Deus derramou o seu Espírito. Cerca de cento e vinte pessoas ficaram cheio de Espírito Santo. Ficaram cheios da terceira pessoa da trindade? Lógico que não, ficaram cheios de poder. Observe que no batismo de Jesus o Espírito Santo veio em forma de uma pomba, já no Pentecostes veio em formas de línguas de fogo. É interessante notar que não se fala do Espírito Santo em forma de uma pessoa. Outro fato interessante aconteceu quando Jesus fazia a sua defesa perante os fariseus, onde citou o texto da bíblia, em Deuteronômio 19:15 que diz: “ Pela boca de duas testemunhas, ou pela boca de três testemunhas, se estabelecerá o fato”. Jesus falou: “ E na vossa lei está também escrito que o testemunho de dois homens é verdadeiro. Eu sou o que testifico mim mesmo, e de mim testifica também o Pai que me enviou.” João 8:17,18, se o Espírito Santo fosse a terceira pessoa da trindade, com certeza Jesus também o teria citado como a terceira testemunha. É importante observar que na bíblia não se fala no trono do Espírito Santo. Em varias partes da bíblia diz que Jesus está à direita de Deus, mas não diz que o Espírito Santo está a esquerda de Deus. Em Atos 7:56 diz: “Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé a mão direita de Deus. Em Apocalipse 3:21 diz: “A quem vencer, lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.” Em Apocalipse 22:1,3: “Rio puro da água da vida, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro.” Cadê o trono do Espírito Santo? O Espírito Santo provém de Deus. E quem recebe o Espírito Santo, não fica cheio de uma pessoa e sim de poder. Foi o que aconteceu, quando Moisés falou a Deus que o seu cargo era muito pesado, então Deus mandou Moisés, separar setenta anciões para o ajudar a levar a carga do povo. Deus tirou do Espírito Santo que estava em Moisés e pôs sobre os anciões e eles profetizaram, Números 11:17,25. Repare, não houve um derramamento do Espírito Santo, e sim, uma distribuição do Espírito Santo que estava em Moisés. Como podemos notar, eles não ficaram cheio de uma pessoa, ficaram cheio de poder de Deus. Jesus falou: “ O ESPIRITO DO SENHOR É SOBRE MIM, pois me enviou-me a curar os quebrantados de coração.” Lucas 4:18, note que Jesus estava cheio de Espírito Santo, por isso “TODA A MULTIDÃO PROCURAVA TOCAR-LHE, PORQUE SAÍA DELE PODER, E CURAVA A TODOS.” Lucas 6:19. Antes de Subir ao céu Jesus prometeu que enviaria o Espírito Santo a seus discípulos dizendo: “ Eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai , porém, na cidade de Jerusalém, até que do ALTO SEJAIS REVESTIDOS DE PODER.” Lucas 24:49. FOI O QUE ACONTECEU EM PENTECOSTES, TODOS FORAM BATIZADOS PELO ESPIRITO SANTO E FICARAM REVESTIDOS DE PODER.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s